Curso Língua inglesa – agro-turismo 50 Horas – Co-Financiado

0.00 

Limpar
REF: N/A Categoria: Etiquetas: , ,

Pedido de Informação

Concordo com o armazenamento e gestão dos meus dados por este site. Ver mais informações em: Política de Privacidade.

Enquadramento

Surge da necessidade de preparar profissionais capazes de dar uma resposta de qualidade as necessidades do mercado de trabalho.

50 Horas

222 – Línguas e literaturas estrangeiras

Ativos empregados ou desempregados, com idade igual ou superior a 18 anos. São considerados prioritários os adultos empregados com qualquer nível de escolaridade, inclusive pessoas licenciadas.

Pretende-se que os formandos no final da ação, baseando-se em conhecimentos atualizados, consigam garantir uma comunicação eficaz em Inglês com o mercado agro-turístico.

  • Módulo 1 – UFCD 2892 – Língua inglesa – agro-turismo – 50h

     

    • Léxico profissional
    • Vocabulário geral e específico à profissão no atendimento e informação turística
      • Acolhimento/atendimento do cliente em espaço rural
      • Prestação de informação turística
      • Prestação de outro tipo de informação (ex.: gastronomia)
  • A formação a executar está organizada em módulos, estruturados de modo a permitir aos formandos a aquisição lógica e progressiva dos conteúdos/conhecimentos a desenvolver na área de formação tecnológica. Esta formação tem por objetivo uma aprendizagem aprofundada de um conjunto de conceitos técnicos específicos sobre Língua Inglesa complementada por exercícios de prática simulada, em ligação estreita com a teoria.

    Assim, os conteúdos são introduzidos através de uma breve explanação teórica por parte do formador, após a qual todos os assuntos são trabalhados pelos formandos no computador, através da realização de exercícios práticos que percorrem os assuntos abordados em cada sessão de formação. No desenvolvimento de conteúdos com caraterísticas de natureza mais prática, serão privilegiadas metodologias de formação-ação, mais dinâmicas, potenciadoras do desenvolvimento de capacidades práticas, ao nível do saber – fazer, potenciando a sua capacidade de autonomia e de auto-aprendizagem/pesquisa. Paralelamente serão privilegiados métodos pedagógicos afirmativos – centrados na transmissão de saberes do formador ao formando -, enriquecidos com métodos ativos, centrados na atividade do formando enquanto agente ativo da sua aprendizagem, o que obriga a uma maior implicação do formando em todo o processo formativo.

  • Formação Modular Certificada inserida no Catálogo Nacional das Qualificações.
  • Formação presencial organizada em sala de formação.

Concordo com o armazenamento e gestão dos meus dados por este site. Ver mais informações em: Política de Privacidade.

Informação adicional

Distrito

Açores

Mês

Janeiro, Fevereiro, Março, Abril, Maio, Junho, Julho, Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro